Controladoria e Departamento de Patrimônio realizam levantamento de bens públicos para Inventário

(Fotos: Arnaldo Félix)

A Prefeitura Municipal de Caruaru, através do Departamento de Patrimônio e da Controladoria, iniciou, este mês, o levantamento de bens públicos em todo o município.  O inventário está sendo realizado por uma comissão composta por servidores da unidade patrimonial que visita todas as unidades administrativas da Prefeitura, sejam secretarias, escolas, unidades de saúde, entre outros, na zona urbana e rural. É realizado um levantamento dos bens móveis e imóveis e os seus estados de uso.

”Estamos realizando o levantamento dos bens patrimoniais públicos para sabermos como estão sendo utilizados, para termos o controle junto a contabilidade desses materiais e evitar gastos excessivos em compras de materiais já existentes”, destacou o diretor do Departamento de Patrimônio, Felipe Bezerra.

Como um instrumento de controle utilizado para verificação da existência física dos bens permanentes, em uso ou não, nos diversos órgãos ou entidades da administração pública municipal, o inventário consiste no levantamento físico e financeiro de todos os bens móveis permanentes colocados sob a posse e guarda das unidades gestoras, tendo como a finalidade o controle entre o registrado e o existente.

“O servidor tem que zelar pela boa conservação dos bens patrimoniais que estão sob sua guarda e uso. Esses bens públicos estão passando por essa avaliação e estão sendo tombados para o controle e economia de gastos desnecessários na compra de materiais” relatou o coordenador do Departamento de Patrimônio, Paulo Henrique.

A Controladoria Geral do Município (CGM), através da Gerência de Orientação, Normas e Procedimentos (GONP), dentro das ações de controle interno e gestão documental, está responsável por coordenar os trabalhos técnicos e de comunicação do inventário 2018.

“A iniciativa é pioneira e atende às disposições da Constituição Federal e da Lei de Responsabilidade Fiscal. Neste sentido, o inventário patrimonial serve como indicador de controle, organização e zelo com os bens móveis e imóveis. É uma ferramenta gerencial de grande relevância, um instrumento útil aos gestores e à população na busca pela eficiência nas operações e na prestação dos serviços públicos” finalizou a gerente de Orientações, Normas e Procedimentos da Controladoria do Município, Sany Diniz.

COMPARTILHAR