Festa junina anima idosos em Caruaru

O evento realizado pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do município fez a alegria dos usuários

(Fotos: Janaína Pepeu.)

Uma turminha cheia de energia e vigor comemorou em grande estilo o São João nesta quinta-feira (21), em Caruaru: os idosos frequentadores do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Irmã Werburga Schaffrath. E a festa teve que ter muito arrasta-pé para dar conta de tanta disposição. A animação foi garantida por um trio de pé-de-serra que não deixou ninguém ficar parado no evento que foi realizado pela Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Decoração especial com bandeirolas, mesa farta de comidas típicas e muito forró. Esse foi o cenário que se montou hoje no Centro Irmã Werburga para os usuários que entraram no clima junino, comparecendo vestidos a caráter. Para os poucos que não quiseram entrar na dança, teve a opção de se divertir com as brincadeiras de pescaria, laça-laça, rabo do burro e boca de palhaço. Teve também desfile matuto para escolher entre as categorias de mais simpático, carismático e bonito da festa.

“A gente tem aqui nesse novo espaço como oferecer melhores condições de trabalho para a nossa equipe, pensando também no público que é atendido, com um conjunto de atividades ao longo do ano, e, para quando chegar nessas datas que são importantes para a cultura da nossa cidade, a gente poder recebe-los da melhor forma”, ressaltou o secretário Fernando Silva.

Para seu Antônio de Pádua, de 61 anos, que iniciou as atividades em janeiro deste ano, vivenciar o espaço é voltar à adolescência. “Eu cheguei aqui de cabeça baixa, sem nem saber dançar muito, mas agora eu estou dançando e vou até competir num concurso de dança de salão fora daqui, representando o centro. Aconselho que venham mais cidadãos da nossa faixa etária para cá, que o que mais tem aqui é dama para dançar”, mencionou, animado, o usuário.

Dona Maria do Socorro dos Santos, de 64 anos, que não queria ver ninguém ficar parado, aproveitou ao máximo e ainda mandou um recado para quem não sabe aproveitar a vida como ela. “Não fique em casa, idoso. Venha para cá viver com a gente. O melhor remédio é brincar, dançar e ser feliz. Aqui nós temos risadas, brincadeiras, alegria.Não tem nada melhor em Caruaru”, destacou.

COMPARTILHAR