02/01/2017

Raquel Lyra torna-se a primeira prefeita da maior cidade do interior de Pernambuco






“Hoje o poder do povo cria um novo capítulo na história de Caruaru”, essas foram as palavras iniciais da primeira prefeita da cidade de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB) na sua posse e do seu vice Rodrigo Pinheiro (PSDB), neste domingo (1°), na Câmara Municipal. De lá, Raquel seguiu a pé para a prefeitura, onde foi recebida pelo ex-prefeito Zé Queiroz (PDT) para a transmissão de cargo.

“Caruaru tem história e mais do que isso, Caruaru sempre fez história. Sempre na vanguarda, é terra de gente que pega as rédeas do seu próprio destino. Somos protagonistas da mudança e juntos vamos trabalhar para, de mãos dadas, construir um futuro melhor para todos os Caruaruenses”, disse Raquel na Câmara dos Vereadores.Ao final da sua posse, ao lado dos 23 vereadores eleitos, a prefeita agradeceu ao povo caruaruense e deixou uma mensagem de esperança da construção de uma cidade com oportunidades para todos.

“Hoje a gente começa a transformar sonho em realidade. Hoje a gente começa a construir uma cidade para todos. A cidade que queremos para os meus e para os seus filhos. Obrigada por me darem a honra de ser a primeira Prefeita de Caruaru, essa cidade que amo tanto e que tanto me deu e que tanto me confiou”, ressaltou.

Já, em frente ao Palácio Municipal Jaime Nejaim, a prefeita fez um discurso emocionado para um grande público presente e fez uma homenagem aos ex-prefeitos, entre eles, o seu avô João Lyra Filho e seu pai João Lyra Neto.

“Muita emoção estar aqui tomando posse como a primeira Prefeita de Caruaru. Essa caminhada da Câmara até aqui, até a Prefeitura, é cheia de significado. Esse caminho já foi percorrido por muita gente de valor, que lutou pela nossa cidade. Gente como meu avô João Lyra Filho, como meu pai, João Lyra Neto, os dois, prefeitos eleitos por dois mandatos. E em nome deles presto aqui minhas homenagens aos prefeitos que me antecederam e que tanto trabalharam e trabalham por nossa cidade”, disse.

Fotos: Roberto Pereira Jr.