Prefeitura de Caruaru e CTEVO promovem 1º Fórum de Enfrentamento à Violência Obstétrica

O evento abordará temas relevantes como a Lei Nascer Bem, parto humanizado e violência de gênero

Nesta quinta-feira (23), a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) e da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência Obstétrica (CTEVO), realizam o 1º Fórum de Enfrentamento à Violência Obstétrica de Caruaru. Na oportunidade será trabalhado o tema: “Desafios e Conquistas em Busca do Parto Humanizado”, com convidadas especialistas. O encontro será das 08h às 12h e das 14h às 17h, no Maria José Recepções 1.

Para essa vivência, estarão participando como facilitadoras a doutora Leila Kartz, médica obstetra do IMIP, a psicóloga pela UFPE, Verônica Araújo, mestra em Educação pela UFPB,a enfermeira Luiziane Souza Vasconcelos de Lima, graduada em Enfermagem pela UFPE, especializada em Enfermagem Obstétrica pelo IESC, e amestra em Educação Culturas e Identidades pela Fundação Joaquim Nabuco & UFRPE, Ana Cecília Rodrigues dos Santos Godoi.

O evento será voltado para enfermeiros, médicos obstetras, ginecologistas e pediatras, agentes comunitários de saúde, assistentes sociais, além de estudantes de medicina, enfermagem, técnico de enfermagem e gestantes. Na oportunidade, serão abordadas as temáticas da Lei Nascer Bem, fluxograma da denúncia com a participação da OAB, violência de gênero, violência obstétrica e parto humanizado. As inscrições são gratuitas e estão sendo feitas através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfBEtrMf-bpUsgWDlKPPuOx74sjsatfrjrX9KiRGV2UETCkrA/viewform ou pelo telefone da SPM (81) 3724-8600.

“O fórum tem a proposta de contribuir com a discussão sobre o enfrentamento da violência obstétrica, dos direitos das mulheres e da garantia desses direitos. Além, também, de ser uma temática de interesse de todos e principalmente no que se refere ao enfretamento da violência de gênero e também da questão de saúde pública”, destacou a secretária da SPM, Juliana Gouveia.

 

Currículo das palestrantes:

 

  1. Doutora Leila Kartz (Graduação em Medicina. Residência em Ginecologia e Obstetrícia no Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP). Tem mestrado em Saúde Materno-Infantil pelo IMIP (2002) e doutorado em Tocoginecologia pela UNICAMP. Atualmente é coordenadora da UTI obstétrica do IMIP e professora da pós-graduação (mestrado e doutorado) em Saúde Materno-Infantil do IMIP).
  2. Verônica Araújo (Graduação em Psicologia. Mestrado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba. Doutoranda em Psicologia na UFPE. Especialização Psicologia Clínica, Residência em Saúde Coletiva e Especialização em Epidemiologia e Controle Descentralizado de Endemias).

 

  1. Enfermeira Luiziane Souza Vasconcelos de Lima (Graduada em Enfermagem pela UFPE, Especialista em Enfermagem Obstétrica pelo Instituto de Ensino Superior Santa Cecilia (IESC), Pós-graduada pelo programa de Mestrado em Saúde da Criança e do Adolescente pela UFPE. Preceptora do Programa de Residência em Enfermagem Obstétrica da Secretaria de Saúde do Recife. Parteira profissional da Equipe Nascer Luz).
  2. Ana Cecília Rodrigues dos Santos Godoi Mestra em Educação Culturas e Identidades pelo Programa de Pós-graduação Educação, Culturas e Identidades – PPGECI, mestrado stricto sensu da Fundação Joaquim Nabuco & Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco. Área de interesse: educação e relações étnico-raciais; trajetórias escolares; interfaces entre estética e política; movimentos sociais; representação do negro na mídia, expressões artístico-culturais afrodiaspóricas; corpo em diáspora; antropologia do corpo; saúde integral; direitos reprodutivos; processos de racialização da saúde; intelectuais negras/negros.

 

Serviço:

 

 

. O quê? 1º Fórum de Enfrentamento à Violência Obstétrica de Caruaru.

 

. Quando?23 de maio de 2019.

 

. Onde?Maria José Recepções 1. Endereço: Av. Margarida Peixoto Viêira, 196, – Indianópolis.

 

 . Horário? Das 8h às 12h e das 14h às 17h.

 

 

 

Dia 23/05/2019 Programação
Horário 8h: 00min Recepção e Credenciamento.
Horário 9h:00min Formação da mesa
Horário 9h: 10min Palestra e  discussão sobre o tema abordado
Horário 12h: 00min Encerramento das atividades do turno da manhã
Horário 14h as 16h  Recepção e Credenciamento
Horário 16h: 30min Formação da Mesa
Horário 16h: 40min Palestra e  discussão sobre o tema abordado
Horário 17h: 00min Encerramento das atividades do turno da tarde
DIA TODO Exposição de banners, trabalhos acadêmicos.
COMPARTILHAR