Prefeitura de Caruaru lança campanha contra perturbação de sossego

O ato é considerado crime, sendo passível de prisão ou multa

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Ordem (SECOP), em parceria com a Polícia Militar do 4º Batalhão, 1º Biesp e Disque-denúncia, está lançando esse mês uma campanha contra a perturbação de sossego.

O objetivo é conscientizar a população sobre o tema e buscar reduzir os números de ocorrências de perturbação do sossego de forma pacífica. Perturbar o sossego alheio, por meio de poluição sonora e outras situações, trata-se de uma grave infração dos deveres de vizinhança e é considerado crime, sendo passível de prisão ou multa.

“Perturbar alguém, com gritaria ou algazarra, abusando de instrumentos sonoros ou provocando barulho com animais de estimação é considerado perturbação de sossego. Nossa intenção neste mês é que não aconteça nenhum tipo de violência por conta dessas situações. As pessoas devem ligar para as forças de segurança e evitar qualquer confusão com a vizinhança, para evitar que aconteçam crimes de proximidade”, pontuou o Secretário da Ordem Pública, Coronel Patrício Filho.

As denúncias devem ser feitas pelo telefone 190 da Polícia Militar, Disque-denúncia no número 3719-4545 (das 7h às 19h, de segunda a sábado), pelo WhatsApp 98256-4545 ou ainda pela Central de Emergência Telefônica, no número 153 da Guarda Municipal, além do site oficial da Prefeitura de Caruaru, no banner do Consec.

COMPARTILHAR