Prefeitura de Caruaru ofereceu oficina artística para jovens do Projeto Juventude Vitalina

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), ofereceu, no sábado (27), uma oficina artística para os jovens protagonistas que fazem parte do Projeto Juventude Vitalina.

 

A oficina, que aconteceu na modalidade remota, foi ministrada pela artista plástica Daniele Guerreiro, que atua no campo artístico há mais de 20 anos. “Costumo abordar nas obras que faço a religiosidade e o empoderamento feminino. Nesse sentido, tive um projeto aprovado pela Lei Aldir Blanc voltado às artes plásticas, e, com isso, resolvi contar um pouco da história do movimento Expressionista aos jovens que participaram das aulas”, disse.

 

Ainda segundo Daniele, a ideia foi mostrar aos jovens que a arte pode ser recriada, usando as emoções e a mistura de cores primárias, sem a preocupação com a estética e, assim, extrair de dentro de cada um as suas emoções.

 

A oficina contou com a presença de dez jovens protagonistas. Para Gabriel Guilherme, a experiência foi muito gratificante. “Aprendemos muitas coisas, a exemplo do Movimento Expressionista, que eu não sabia o que era. Quando eu vi o quadro ‘O Grito’, fiquei encantado, pois não conhecia nenhuma obra do Expressionismo”, afirmou Gabriel Guilherme.

 

Para Sabrina Torres, coordenadora do Projeto Juventude Vitalina, o mais importante da oficina foi o conhecimento adquirido. “Os desenhos, as cores e os traços que eles fizeram expressaram seus sentimentos em forma de arte. Mesmo em meio à pandemia, podemos sempre renovar e aprender algo diferente”, concluiu.

COMPARTILHAR