Qualifica Caruaru forma turma de Ceia Natalina

O minicurso capacitou onze participantes da população que compreende o CRAS Centenário

(Fotos: Divulgação)

O Qualifica Caruaru formou mais uma turma nesta sexta-feira (21). Dessa vez, foi oferecido o Curso Especial de Ceia Natalina, com duração de 30 horas/aulas, onde onze participantes aprenderam a fazer desde a ave natalina até o panetone. Além do diploma, os alunos receberam um kit de iniciação profissional contendo os ingredientes básicos para se preparar uma ceia completa, de acordo com o que foi aprendido na capacitação, contendo desde ave natalina até os insumos para o preparo dos acompanhamentos e sobremesa. A celebração foi com uma refeição completa preparada pelos próprios alunos.

As aulas foram realizadas na estrutura do Cras Centenário e atendeu os moradores das comunidades que fazem parte da área de cobertura da unidade. As culinaristas Fabiana Colaço e Edjane Veríssimo ensinaram todas as técnicas para se preparar uma ceia de Natal. Os alunos aprenderam a produzir, na prática, ave natalina, salada tropical, arroz à grega, arroz de festa, arroz de forno de camarão, farofa de miúdos, panetones tradicional, doce trufado e salgado, lasanha de frango, salpicão, suflê de bacalhau, sobrecoxa ao molho de laranja, filé ao molho madeira, pão trançado natalino, pavês, bolo decorado, entre outros.

Esta capacitação, em especial, foi promovida pela Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, mas o programa foi construído e conta com a participação de outras secretarias também: Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa (SEDEEC), Secretaria de Educação (SEDUC), Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) e Secretaria de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural (SUDER).

“O Qualifica Caruaru busca atender a população caruaruense, especialmente a que se encontra em situação de vulnerabilidade e está em busca de colocação e recolocação profissional no mercado de trabalho. O objetivo é tornar Caruaru um município mais inclusivo, escolarizado e competitivo”, destacou a secretária da SDSDH, Perpétua Dantas. 

COMPARTILHAR